segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Voltar a ser criança

Hoje eu acordei com uma vontade de ser feliz

Hoje eu quero viver intensamente sem saber por onde ando, mesmo que me custe alguns calçados

Eu quero mesmo é ser criança
Fugir das intempéries bruscas do tempo, que eu era astuto e absoluto.







Se eu puder escolher, prefiro não ter que correr das suas verdades, mas quero gritar um pouco para você acordar e notar que o tempo está passando rápido e não podemos pará-lo.










Eu quero mesmo é ficar por aqui e deixar o vento soprar e quem sabe um dia o tempo volta e não precisamos mais correr atrás dele feito bobos.












Quem sabe um dia quando eu brincar de amarelinha e esconde-esconde eu me perder de vez procurando uma maneira de voltar a ser criança, de ter esperança.

(By Luciana Façanha)

2 comentários:

  1. Rep. para Anônimo (voltar a ser criança)

    Que bom que gosto, fico feliz!

    Seja bem vinda!

    ResponderExcluir